É normal que, ao planejar uma viagem, pensemos em passagens aéreas, hotéis e passeios. Por isso, às vezes deixamos de lado um item muito importante: o seguro viagem.

Ao contrário do que muita gente pensa, este item não serve apenas para permitir a entrada dos turistas na Europa. Na verdade, é um produto extremamente útil para qualquer viajante, seja qual for seu destino.

O seguro viagem existe para proteger o turista de imprevistos que possam acontecer enquanto ele está longe de casa. Isso inclui extravio de bagagem, problemas de saúde ou até cancelamento de voo, que são relativamente comuns.

E a proteção, no caso, é também para o seu bolso. Por que imprevistos como esses podem gerar um prejuízo inesperado e, em alguns casos, até dívidas assustadoras.

Se, ao chegar ao seu destino, sua mala não estiver lá, você pode precisar comprar roupas e artigos de higiene até que ela seja localizada. Não será um gasto absurdo, mas, ainda assim, poderá atrapalhar seu orçamento. Se você tiver um seguro viagem, não precisa se preocupar: você receberá um reembolso desses gastos.

Por outro lado, um problema de saúde pode causar um transtorno muito maior. Um resfriado ou uma dorzinha de garganta podem ser simples, mas também podem acabar evoluindo e atrapalhando sua viagem. Se isso acontecer, será necessário se consultar com um médico, mas como saber aonde ir? E será que a consulta sairá muito cara? Nos Estados Unidos, por exemplo, uma simples consulta em hospital pode custar mais de US$ 2 mil!

Neste caso, basta acionar o seguro viagem e ele agirá para que você seja devidamente atendido e medicado. Muitas vezes, o médico irá até o seu hotel para examiná-lo, e você não precisará nem se deslocar. Em outras ocasiões, o seguro te indicará onde se consultar, já levando em conta o que você precisa – por exemplo, se você machucou o pé em um tombo, eles já te indicarão um lugar onde possa tirar um raio X. E, o mais importante: essas consultas são realizadas sem custo.

Por isso, independente do destino escolhido, o seguro viagem é essencial, e recomendado mesmo em viagens pelo Brasil – principalmente se o seu plano de saúde não possui cobertura nacional. Você viajará muito mais tranquilo!