O Marrocos anunciou recentemente a reabertura de suas fronteiras para os brasileiros, inclusive para o turismo. Com uma mistura das culturas oriental, africana e europeia, o destino encanta turistas de todo o mundo. Sua arquitetura peculiar, cidades históricas, hospitalidade calorosa e gastronomia única são apenas alguns dos motivos que levam os brasileiros a conhecer este charmoso país.

Embora tenha autorização de entrada, o visitante do Brasil precisa seguir uma série de protocolos de segurança.

Requisitos para viajar ao Marrocos

Para viajar sem a necessidade de cumprir uma quarentena de 10 dias, é necessário estar totalmente imunizado há pelo menos duas semanas pelas vacinas CoronaVac, AstraZeneca, Pfizer ou Janssen, e apresentar o certificado de vacinação traduzido para os idiomas árabe, francês ou inglês. Além deste comprovante, também é preciso ter um resultado negativo para covid-19 de exame RT-PCR, realizado com até 48 horas de antecedência do embarque.

O turista ainda deve preencher, imprimir e assinar um formulário de declaração de saúde disponível no site http://www.onda.ma/form.php.

Já para os não vacinados ou vacinados com apenas a primeira dose, além de apresentar o resultado negativo e o formulário preenchido, é necessário fazer quarentena de dez dias obrigatória e refazer o teste ao final deste período.

Agora que você já sabe como se preparar para uma viagem para o Marrocos, a Abreu tem um roteiro incrível feito especialmente para você!

Roteiro pelo Marrocos

Casablanca

Em primeiro lugar, visitamos o maior centro financeiro do país. A arquitetura da metrópole foi inspirada na cidade francesa de Marselha e está rodeada de art déco e art nouveau. A dica da Abreu é visitar a principal atração turística da cidade, a Mesquita de Hassan II, a segunda maior do mundo. Além disso, não deixe de ir ao Mercado Central, ao Bairro de Habous e ao Palácio Real.

Meknès

Conhecida como a Versalhes marroquina, Meknès é um Patrimônio Mundial pela UNESCO e uma das quatro cidades imperiais do país. Além disso, possui as muralhas mais longas do Marrocos, com aproximadamente 40 km de extensão. Não deixe de conferir os palácios e mesquitas espalhadas pela cidade. A Abreu ainda recomenda um passeio pelo famoso portão Bab Mansour, o Estábulo Real e o bairro Judeu.

Fez

Fez é a mais antiga entre as cidades imperiais do Marrocos e conhecida como a capital espiritual. De fato, este Patrimônio da Humanidade é famoso pelos seus tanques de curtumes coloridos, suas ruelas cheias de labirintos e pelo seu exotismo. Visitar a Medina medieval e seus souks são passeios obrigatórios. Assim como o Palácio Real, Attarine ou Bou Anania Medersa, a fonte de Nejjarine e o exterior do mausoléu de Moulay Idriss e a Mesquita Karaouine.

Rabat

Rabat é a capital do Marrocos, centro político do país e sede das principais embaixadas de países estrangeiros. Um dos pontos turísticos mais visitados da cidade é a Torre de Hassam, construção iniciada em 1195 e inacabada até os dias de hoje. Em seu entorno está o mausoléu real, onde estão enterrados o rei Mohammed V e seus dois filhos. A Abreu ainda indica visitas ao Palácio Real Mechouar e ao Jardim Ouadayas & Kasbah.

Marrakech

É a segunda cidade imperial mais antiga do Marrocos e recebeu o apelido de “Cidade Vermelha” devido às suas construções em terracota. Não perca a oportunidade de ver a Mesquita Koutoubia, um dos monumentos mais importantes da cidade. A Abreu indica ainda visitar os Túmulos de Saadian, o Palácio Bahia, os Jardins de Menara e o Museu Dar Si Said. Além disso, não deixe de ir aos souks e locais de artesanato, além da famosa praça Jemaa el-Fna, com seu entretenimento ininterrupto.

Aqui no blog, já fizemos um post com 15 dicas para sua viagem ao Marrocos. Não deixe de conferir!

Para saber mais sobre o Marrocos e promoções, fale com a Abreu!