Dubai é a epítome da extravagância, do luxo e da ostentação. Em cerca de 30 anos, seu território desértico ficou totalmente irreconhecível, tornando-se uma cidade moderna, com arquitetura de vanguarda e atrações turísticas praticamente infinitas e extremamente diversas.

É um destino vibrante em que tudo é possível, desde passar o dia na praia até esquiar em uma pista indoor. Preparamos um roteiro de três dias pelo destino. Confira!

Dia 1
Começamos o itinerário pelos famosos souks (mercados árabes). É possível se perder por eles e ficar ali um dia todo, negociando e comprando. Mas, se essa não for sua intenção, foque nos mais incríveis: o mercado de especiarias e o mercado do ouro. O primeiro tem sacos e mais sacos de temperos coloridos, além de incensos, pétalas de rosas e produtos medicinais. O segundo conta com cerca de 300 lojas de joias. Ouro, prata, platina e pedras preciosas se espalham por todos os lados, num ambiente tão brilhante que é quase inacreditável.
Saindo de lá, percorra a Jumeirah Road, uma belíssima avenida à beira-mar, até a Mesquita Jumeirah, a única do destino que permite a entrada de não-muçulmanos. Construída em pedra branca tradicional, comporta até 1.200 fiéis e adota uma política de portas abertas para que visitantes de outras religiões admirem a construção e aprendam sobre o Islã. Há visitas guiadas.
Não muito longe dali está a parte mais moderna de Dubai, o bairro de Downtown, onde ficam duas atrações gigantescas – literalmente. A primeira é o Burj Khalifa, a maior torre do mundo, que domina o horizonte da cidade. São 828 metros e 162 andares, e vale a pena subir ao mirante que está nos andares 124 e 125, de onde se pode ver a cidade, o Golfo Pérsico e o deserto. A outra é o Dubai Mall, o maior shopping do mundo. Mais de 1.400 lojas e restaurantes unem-se a atrações incríveis como um aquário, um rinque de patinação e um simulador de voo para garantir muita diversão aos visitantes.

Entre o Burj Khalifa e o Dubai Mall há um lago artificial onde acontece o show das Fontes de Dubai, um verdadeiro espetáculo de luz e cores, em que as águas da fonte dançam no ritmo de diferentes músicas.

Dia 2
Depois de conhecer o lado moderno do destino, vale a pena ir até Al Fahidi, bairro histórico repleto de construções tradicionais, casas antigas onde hoje funcionam cafés, lojas, galerias de arte e até museus, como o Museu de Dubai, que conta um pouco de sua história de forma interativa e dinâmica. É um museu pequeno, que pode ser percorrido em pouco tempo. Ao fim do passeio, dê uma passada na Palm Island, a icônica ilha artificial em formato de palmeira.
Tire a tarde do segundo dia para explorar o Deserto de Dubai em um 4×4, que percorre as dunas e garante fotos sensacionais de uma paisagem inesquecível. É possível ver animais locais como camelos e órix-da-Arábia. Os turistas podem curtir um pôr do sol estupendo no deserto antes de voltar para a cidade.
Termine o dia em uma das baladas da cidade, seja em um beach club ou em uma de suas fabulosas casas noturnas.

Dia 3
No último dia em Dubai, você escolhe o que combina mais com você: se quiser mais compras, pode voltar ao Dubai Mall, e também conhecer o Bur Juman, Al Ghurair, Deira City e o Mall of The Emirates; se estiver em busca de um pouco de sol e praia, dirija-se à Jumeirah Beach, um conjunto de praias com ótima infraestrutura de bares, restaurantes, quiosques e banheiros; agora, se a sua pegada for mais aventureira, o Ski Dubai é o lugar ideal, onde você pode curtir um dia de neve e esquiar (as pistas são excelentes para iniciantes); ou então, ir ao Aquaventure, um parque aquático com piscinas, uma praia particular e tobogãs, inclusive um que passa por um tubo dentro de um aquário onde é possível ver até tubarões.
Para fechar a viagem com chave de ouro, embarque em um cruzeiro com jantar pelo Dubai Creek, canal que corta a cidade e que garante vistas panorâmicas do destino à noite, uma experiência gastronômica de alta qualidade e um passeio pelo centro histórico.

Dubai é incrível! Descubra você mesmo clicando aqui.

Pacotes incríveis